PM prende trio e aborta assaltos a mando de presidiário

PM prende trio e aborta assaltos a mando de presidiário

COMPARTILHAR

Em patrulhamento pela região do bairro Nova Campo Grande, equipe da Polícia Militar surpreendeu três homens que agiam a mando e coordenados por presidiário para a prática de assaltos em Campo Grande. Ao notarem o carro da PM, eles procuraram se livrar da arma que usariam nos assaltos, tentaram fugir, mas a manobra foi percebida, eles perseguidos e apanhados.

Foram presos Gustavo Lucas da Silva Sippel (22), Luiz Antônio da Silva Filho (31) e Rômulo Pereira de Sousa, de 28 anos. Durante patrulhamento os policiais avistaram três indivíduos em atitude suspeita em um veículo Ônix com placas OON-2053. A equipe tentou realizar a abordagem, mas eles tentaram fugir em alta velocidade, foram seguidos e na fuga um dos ocupantes jogou fora uma arma de fogo e em seguida pararam o veículo e desceram em posição de rendição.

Feita a abordagem e busca pessoal no trio, nada de anormal foi constatado, mas em entrevista com eles Rômulo assumiu que a arma era sua e que ele que tinha jogado pra fora do veículo. Em seguida relataram que saíram para cometer roubos (assaltos) na região.

A arma, um revólver calibre 38 em seguida foi resgatado nas proximidades com as munições intactas. Diante da constatação e detalhes de que iriam assaltar, o trio contou que cumpriam ordem vinda de dentro do presídio e estavam agindo a mando do interno Lucas Gabriel Agostinho de Oliveira, o “Pit Bull”. Eles detalharam ainda, que o chefe, tinha avisado para eles esconderem a arma pois a região estava cheia de policiais.

Foram apreendidos três aparelhos celulares, onde segundo os presos, estão registradas conversas entre eles e o interno Lucas. Os três e a arma foram entregues na Depac-Centro onde assinaram flagrante de Associação Criminosa e porte ilegal de arma.