PM reforça policiamento nas regiões de presídios por conta da proibição de...

PM reforça policiamento nas regiões de presídios por conta da proibição de visitas

COMPARTILHAR
Patrulhamento aéreo ocorre desde as primeiras horas da manhã. (Divulgação)

A Polícia Militar reforça hoje o policiamento externo nos complexos penitenciários de Campo Grande, inclusive com emprego de helicóptero do Grupo de Policiamento Aéreo – GPA – da PM. O reforço ocorre diante do decreto de estado de calamidade pública, uma das formas do governo do Estado para frear a disseminação do coronavírus.

Entre outras medidas, o decreto proíbe visitação em todos os presídios do MS. As forças de segurança, no entanto, teriam detectado indícios de movimentação na massa carcerária para algum tipo de protesto contra a proibição de visitas.

A princípio não deve ocorrer investida direta nos estabelecimentos penais como invasão e revista. Isso só deve ocorrer em caso de extrema necessidade como motins ou rebelião, mesmo assim, após negociação.

Presídio Federal

O Patrulhamento Aéreo ocorre inclusive no Presídio Federal onde o espaço aéreo é interditado ou restrito a aeronaves policiais, mesmo assim mediante comunicação prévia. O patrulhamento ocorre desde as primeiras horas da manhã em conjunto com equipes atuando por terra não só no entorno dos presídios, mas nos acessos, bairros próximos e rodovias.

A partir da Máxima, todos os presídios estão sendo monitorados.