Prefeitura não consegue resolver alagamento na Avenida Capibaribe

Prefeitura não consegue resolver alagamento na Avenida Capibaribe

COMPARTILHAR
Acada chuva por menor que seja, alagamento e prejuízo.

Com tantas obras em andamento, a 14 de julho modernizada, outras ruas e avenidas em restauração visual a quase todo vapor na cidade. Na contrapartida, obra de pouca visibilidade e que não gera pauta na midia não acontece e segue gerando prejuízo interminável ao município com seguidos remendos e, muito mais a pessoas atingidas por seguidas cheias.

O problema que entra prefeito, sai prefeito e a prefeitura de Campo Grande não consegue resolver, está na Avenida Capibaribe, no Jardim Petrópolis. Nenum prefeito ou engenheiro da prefeitura foi capaz em 20 anos de “descobrir” a solução para o problema de enchente na avenida.

Recentemente a prefeitura fez uma intervenção colocando manilhas, mas aparentemente foram dirigidas para outro local que não o leito do córrego, pois as inindações por falta de vasão continuam e na saída da água, erosão a cada chuva chegando mais perto de fazer uma residência desmoronar, pois sem um muro de arrimo ma saída da água, uma área de mais de 20 metros de barranco já foi levada.

A engenharia municipal ainda não percebeu que a tubulação do córrego sob a avenida, foi construida quando da abertura da via e contrução da avenida, o que aconteceu lá se vão mais de 30 anos quando unicamente a água que passava por ali era de um pequeno córrego que começa lá pela região do José Abrão.

Nesse perído de tempo, centenas e centenas de canalizaçõs foram ligadas ao córrego, inclusive esgoto clandestino, mas a passagem sob a avenida continua a mesma ficando coisa tipo, passar um elefante por um buraco de tatu. Moradores na região afirmam que já se cansaram de pedir uma solução para o caso, mas nada além de remendos sem qualidade.