Prefeitura segue trocando semáforos e 42 já foram substituídos ou instalados

Prefeitura segue trocando semáforos e 42 já foram substituídos ou instalados

COMPARTILHAR

Com recursos do Programa Pró-Transporte, a Prefeitura de Campo Grande projeta investimento, até o final de 2020, de R$ 8,5 milhões na modernização do sistema semafórico. Já foram aplicados R$ 1,3 milhão na troca de 42 equipamentos antigos, alguns com mais de 20 anos de utilização.

A mudança já foi realizada feita nas ruas Pedro Celestino, Padre João Crippa e 13 de Maio. Outros 178 conjuntos semafóricos serão substituídos, em um investimento de mais R$ 5,5 milhões. As ruas José Antônio e Bahia serão as próximas ruas, que receberão novos sinaleiros.

O projeto do Pró-Transporte, segundo o diretor geral da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Janine Bruno, destinou R$ 6,9 milhões para a substituição de metade dos antigos semáforos em funcionamento na cidade e R$ 3 milhões, que está em processo de montagem, para uma central de monitoramento.

A central será uma ferramenta fundamental para garantir agilidade na manutenção dos equipamentos com focos queimados ou funcionamento de forma intermitentes, por exemplo, situação que acaba gerando confusão na travessia dos cruzamentos.

Cada semáforo tem um controlador para permitir o sincronismo dos tempos, a chamada onda verde. Na 14 de Julho, por exemplo, haverá disponibilidade de internet wi-fi. Com a instalação de fibra ótica, será possível regular praticamente em tempo real, à distância, os tempos dos semáforos conforme o maior fluxo de veículos que muda de sentido, bairro-centro pela manhã e centro-bairro, no início da noite, quando as pessoas estão voltando do trabalho.

Além do quadrilátero formado pelas avenidas Fernando Côrrea da Costa, Ceará, Mato Grosso e Calógeras, o projeto contemplará as principais vias de acesso a todas as regiões da cidade, como Bandeirantes, Brilhante, Ernesto Geisel, Gury Marques, Costa e Silva, Cônsul Assaf Trad, Mascarenhas de Moraes, Euler de Azevedo, dentre outras.

Onda Verde

Junto com a substituição dos semáforos, a Agetran vem instalando a Onda Verde, que já está funcionando na Ceará; Afonso Pena; 13 de Maio; Calógeras; José Antônio e Antônio Maria Coelho. Nas próximas etapas a sincronização será feita nas avenidas Fernando Côrrea da Costa e Mato Grosso. Mantendo uma velocidade média de 60 quilômetros por hora, o motorista “encontrará” o verde em praticamente todos os cruzamentos, o que garante fluidez ao tráfego.

Novos semáforos

Desde novembro, a Agetran instalou 10 semáforos e já tem programados mais três. São locais onde os estudos técnicos constataram a necessidade do equipamento para regular o trânsito e evitar acidentes.

Os novos instalados

Condutores de veículos e pedestres devem estar atentos aos cruzamentos que receberam semáforos, entre eles a Rua da Divisão com Raquel de Queiroz, Antônio Rahe / Cônsul Assaf Trad, Pernambuco/Rua Brasil, Euclides da Cunha/Goiás, José Antônio/Pernambuco, 13 de Maio/Pernambuco, Rio de Janeiro/Júlia Maksoud, Eduardo Santos Pereira/Pedro Celestino, Rua das Garças/Padre João Crippa e Olímpio Krafke/Alberto Araújo