Procon/MS flagra produtos irregulares e autua atacadista na Capital

Procon/MS flagra produtos irregulares e autua atacadista na Capital

COMPARTILHAR
Muita coisa vencida ou estragada. no estabelecimento.

A partir de denúncias por parte de consumidores equipe de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS realizou vistoria no Fort Atacadista da avenida Presidente Vargas em Campo Grande. Na verificação dos produtos, fiscais encontraram vários itens com prazo de validade vencido ou impróprios ao consumo humano por estarem em embalagens violadas, conter água em seu interior, com ausência de vácuo e apresentarem forte odor.

Por se tratar de estabelecimento atacadista, a quantidade de produtos encontrada sem condição de consumo também foi grande. Com prazo de validade vencido, por exemplo, havia 221 embalagens de ameixa seca, 46 de banana passa, 23 de castanha de caju, 10 de gogi berry, 12 pacotes de pães de alho, 32 barras de frutas, uma peça de salame e uma de massa para pastel.

Entre os produtos havia itens, como é o caso da massa para pastel, cujo vencimento se deu no mês de janeiro deste ano. Impróprios para o consumo humano estavam expostos ingredientes suíno para feijoada. Todos os produtos foram descartados e inutilizados de forma a não terem condições de voltar às prateleiras e, em função das irregularidades, foi expedido auto de infração e, como ocorre em todas as ações dessa natureza, foi estabelecido prazo para a apresentação de defesa.