Trio é preso após entrega de pasta-base de cocaína em Terminal Rodoviário

Trio é preso após entrega de pasta-base de cocaína em Terminal Rodoviário

COMPARTILHAR
Dinheiro e droga em poder do trio preso.

Dois homens e uma mulher foram presos no começo da noite deste domingo (20) por policiais do Grupo de Operações e Informações – GOI, da Polícia Civil durante investigação sobre tráfico de entorpecentes em Campo Grande. Além dos três presos, pasta-base de cocaína e dinheiro do tráfico apreendidos, os investigadores apuraram que um dos indivíduos apanhados, agiria em Rio Brilhante sob ordens de interno da Penitenciária Estadual de Dourados.

Estão presos Claison Luiz Borak (37), João Vítor de Castro Dias (18) e Patrícia Thais Duarte de Luna, de 32 anos. Policiais do GOI receberam informação anônima indicando que haveria embarque de entorpecente na Estação Rodoviária de Campo Grande.

Equipes foram posicionadas fora e dentro do terminal até que foi flagrada a entrega de alguma coisa para o indivíduo que estava na rodoviária. Revistado, ele foi flagrado com pasta base de cocaína detalhando ter comprado do indivíduo que lhe fez a entrega e que já estava sendo seguido por outra equipe.

Descoberto, João Vítor detalhou ser morador em Rio Brilhante onde venderia a droga que acabara de receber. Ele disse ainda que estava agindo a mando do presidiário da Penitenciária de Dourados que conhece apenas como “Gordão”.

Pouco tempo depois foi abordado e preso pelo GOI o “fornecedor” Claison, quando chegava na residência dele, na Rua Francisco Morato. No bolso de Claison estavam os R$ 2.400 mil que acabara de receber na rodoviária.

Realizada busca em seu apartamento e na presença da esposa Patrícia, foram encontrados 200 gramas de cocaína, escondidos dentro de uma caixa de luvas cirúrgicas na despensa. A mulher disse trabalhar como enfermeira no Hospital Militar e negou saber da existência da droga. O casal foi preso e todos autuados em flagrante na Depac-Piratininga enquadrados em tráfico.