Um preso e dois acusados de assaltos mortos em Dourados

Um preso e dois acusados de assaltos mortos em Dourados

COMPARTILHAR
Um dos envolvidos apanhado no milharal.

Antônio Coca

Entre os crimes que estavam sendo investigados contra o trio que trocou tiros no final da tarde desta terça-feira (29), com homens da Polícia Militar de Dourados, do Batalhão de Choque de Campo Grande e do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil, estão diversos assaltos praticados nos últimos dias.

Em um destes assaltos os três teriam invadido uma conveniência no Jardim Flórida e armados até com uma espingarda rendido, o proprietário e clientes, que ficaram sob a mira dos marginais enquanto eles roubavam o estabelecimento. Toda a ação foi filmada pelas câmeras de segurança e a partir das imagens as investigações começaram e com a troca de informações entre os policiais, eles chegaram até uma casa na região do Jockey Clube onde o trio se escondia.

Nesta residência houve resistência à prisão e troca de tiros, onde uma pessoa ficou ferida foi socorrida e morreu na UPA. Outros dois suspeitos fugiram para um milharal e na troca de tiros um deles foi baleado e morreu quando era socorrido e o outro acabou preso.

Preso está sendo autuado.

A casa onde os três estavam escondidos e houve o primeiro confronto passou por perícia e em seguida os peritos da Polícia Civil foram até o milharal onde o segundo elemento acabou baleado e realizaram os levantamentos. As armas usadas pelos suspeitos foram apreendidas e também serão periciadas.

Há pouco o jovem que foi preso no milharal foi levado para a sede do SIG onde deverá prestar depoimento. Policiais civis e militares continuam fazendo buscas na tentativa de prender mais pessoas que posam ter ligação com os crimes praticados pelos que foram mortos e pelo terceiro elemento que está preso. Os nomes deles ainda não foram informados.