Policial que matou empresário no Procon morre em Campo Grande

O policial militar reformado José Roberto de Souza, preso pelo assassinato do empresário Antônio Caetano, (67), durante audiência no Procon no dia 13 de fevereiro do ano passado, morreu em Campo Grande. Ele estava no presídio militar e informações sobre as causas da morte serão repassadas na tarde desta sexta-feira, pelo advogado José Roberto Rosa.

Em dezembro, José Roberto precisou ser internado por causa de desnutrição e após um surto psicótico. Na época, a defesa iria pedir à Justiça que ele fosse transferido para o Hospital Nosso Lar. Entretando, o Tribunal do Juri de Mato Grosso do Sul solicitou ao juiz da 1ª Vara das Execuções Penais, Dr. Fernando Chemin Cury, a transferência do PM para a cela 17 do Centro de Triagem, onde ficam ex-policiais e presos com formação superior, com melhores condições de atendimento e médico em período integral.

Compartilhe
Institucional

O Tempo MS News é um portal de notícias online que traz informações relevantes e atualizadas sobre o dia a dia do Mato Grosso do Sul. Com uma equipe de jornalistas experientes e comprometidos em levar ao público as notícias mais importantes do estado, o portal se destaca por oferecer conteúdo de qualidade em tempo real.

Entre em contato

(67) 99135-7483

[email protected]

© Tempo MS News - Todos os direitos reservados, design por Argo Soluções